8 fatos interessantes sobre o Hanuká – WZO

8 fatos interessantes sobre o Hanuká

Imagem: marish / depositphotos.com Hoje, 15 de dezembro, é o oitavo e último dia de Hanukkah. Oferecemos a sua atenção a vários fatos notáveis sobre esta festividade: História Hanukkah é celebrada em honra ao milagre que ocorreu em 164 a.C. Uma pequena quantidade de óleo, destinada para apenas um dia, queimou milagrosamente na Menorá do […]

Happy Hanukkah, Jewish Festival of Lights background for greeting card, invitation, banner with Jewish symbols as dreidel toys, doughnuts, menorah candle holder. Vector illustration

Imagem: marish / depositphotos.com

Hoje, 15 de dezembro, é o oitavo e último dia de Hanukkah. Oferecemos a sua atenção a vários fatos notáveis sobre esta festividade:

História

Hanukkah é celebrada em honra ao milagre que ocorreu em 164 a.C. Uma pequena quantidade de óleo, destinada para apenas um dia, queimou milagrosamente na Menorá do Segundo Templo em Jerusalém por oito dias após os guerreiros judeus, os Macabeus, vencerem uma vitória sobre as forças sírio-gregas e libertarem Jerusalém.

Símbolo da festividade

O principal símbolo da festividade é a Hanukkiah, um candelabro especial de nove braços. A cada dia da festividade, outra vela é adicionada. Hanukkah dura oito dias. A nona vela, chamada “shamash” (servente), é usada para acender as outras oito velas.

Ordem de acender as velas

Durante os oito dias de Hanukkah, 44 velas são acesas. Isso é calculado da seguinte forma: 1+2+3+4+5+6+7+8 = 36 velas para cada dia da festividade mais 8 velas “shamash”, usadas cada dia para acender as outras velas, o que totaliza 44 velas.

Hanukkiah no Livro dos Recordes Guinness

A maior Hanukkiah foi instalada na Grand Army Plaza em Nova York. Sua altura é de 9,7 metros, largura – 8,5 metros, e peso – 1.814 kg. A Hanukkiah foi projetada pelo famoso artista israelense Yaacov Agam, baseada na imagem da Menorá original do Santo Templo, feita por Maimônides.

Luz de Hanukkah

Por 30 minutos após acender as velas de Hanukkah, é costume se abster de tarefas domésticas, pois acredita-se que neste momento uma luz espiritual oculta especial, “or ganuz”, normalmente acessível apenas a grandes pessoas justas, desce. Este tempo é considerado favorável para pedir ao Todo-Poderoso por um milagre pessoal.

Guloseimas de Hanukkah

Em Hanukkah, é costume preparar guloseimas fritas em óleo: rosquinhas recheadas de geleia “sufganiyot” e panquecas de batata “latkes”. Também é costume dar às crianças moedas de chocolate, “gelt”, embrulhadas em papel alumínio dourado ou prateado.

Jogando dreidel

Um passatempo infantil favorito em Hanukkah é jogar dreidel (“sevivon” em hebraico), um pião com quatro lados, cada um ostentando uma das quatro letras hebraicas: Nun (נ), Gimel (ג), Hey (ה) e Shin (ש) fora de Israel, ou Pei (פ) em Israel. Essas letras formam o acrônimo para a frase “Nes gadol haya sham” – “Um grande milagre aconteceu lá”, ou “Nes gadol haya po” – “Um grande milagre aconteceu aqui” para Israel. No jogo, os participantes adivinham em qual letra o pião vai parar, e o vencedor recebe um prêmio – frequentemente as moedas de chocolate “gelt”.

Hanukkah no espaço

Em dezembro de 1993, o astronauta Jeffrey Hoffman levou um dreidel e uma Hanukkiah de viagem especial para o espaço. Durante uma transmissão ao vivo a bordo do ônibus espacial Endeavor, o astronauta mostrou como ele se preparou para a festividade, lançou o dreidel em gravidade zero e desejou aos judeus ao redor do mundo um feliz Hanukkah.

15 Dez 2023
3 min read
385
Notícias

Ler mais

Nossos Alunos em Israel

Nossos Alunos em Israel

Nossos alunos de Ulpan que fizeram Aliá nos mandam vídeos nos mostrando as inúmeras ações solidárias que se desenvolvem em Israel devido à guerra.
Conheça nossos embaixadores hebraicos

Conheça nossos embaixadores hebraicos

Hoje, destacamos o talento de Niva Yossef! Ela se destaca em uma variedade de campos, desde arquitetura até música, dança e gastronomia, abordando cada assunto com um entusiasmo contagiante.
Inapto para o serviço profissional

Inapto para o serviço profissional

Além da declaração escandalosa de que o ataque terrorista do HAMAS em 7 de outubro "não aconteceu num vácuo", o atual Secretário-Geral da ONU, António Guterres, acrescentou algo novo.