Dia da Memória dos Caídos em Guerras e Vítimas do Terror – WZO

Dia da Memória dos Caídos em Guerras e Vítimas do Terror

Em 12 e 13 de maio, Israel comemora uma das datas mais tristes no calendário do estado judeu — o Dia da Memória dos Caídos em Guerras e Vítimas do Terrorismo. Nestes dias, muitas famílias visitam os túmulos de seus entes queridos e amigos que caíram em guerras e atos de terrorismo.

Vector Illustration of Israel Memorial Day. Banner.

Em 12 de maio, às 20:00, uma sirene de luto de um minuto soou em todo o país. Após a sirene, uma cerimônia de acendimento de uma vela memorial ocorreu no Muro das Lamentações em Jerusalém, com a participação do presidente Isaac Herzog e do chefe do Estado-Maior das Forças de Defesa de Israel, o tenente-general Herzl Halevi.

Em 13 de maio, às 11:00, uma sirene de dois minutos da Memória soará novamente. Neste momento, os carros param, e as pessoas nas ruas ficam imóveis, baixando a cabeça em sinal de luto. Logo após a sirene, começarão os eventos de luto nos cemitérios militares do país. Às 11:02, começará a cerimônia central de memória dos caídos nas guerras de Israel, com a participação de altos funcionários.

Às 13:00, ocorrerá a cerimônia de memória das vítimas de atos terroristas e hostilidades. Às 19:45, no Monte Herzl em Jerusalém, começará a cerimônia que encerra os eventos do Dia da Memória e marca o início das celebrações do Dia da Independência de Israel. Tradicionalmente, a parte principal da cerimônia é o acendimento de tochas em honra ao Estado de Israel.

Desde 1860, quando começou a luta pela criação do estado judeu, 25.034 pessoas morreram em operações de autodefesa e guerras de Israel. Desde o dia da declaração de independência de Israel, 5.100 civis morreram em atos de terrorismo. Desde 7 de outubro, 1.533 cidadãos de Israel morreram, incluindo 620 militares.

O Dia da Memória dos Soldados Caídos das Forças de Defesa de Israel e de todos aqueles que lutaram e morreram pela criação do estado judeu foi estabelecido pelo Knesset em 1963. É comemorado anualmente no 4º dia do mês judaico de Iyar, um dia antes do Dia da Independência, destacando o vínculo inquebrável entre o sacrifício dos caídos e a solidez do Estado de Israel.

13 Mai 2024
2 min read
436
Notícias

Ler mais

O Projeto Geula já tem as suas primeiras 25 participantes

O Projeto Geula já tem as suas primeiras 25 participantes

No día 17 de agosto, o Juri central da Organização Sionista Mundial se reuniu em Israel para realizar a última etapa de seleção das candidatas para participar do projeto Geula que promove a liderança joven por meio de mulheres que promoverão a Aliá em suas respectivas comunidades.
Ações pelas pessoas sequestradas

Ações pelas pessoas sequestradas

Na Machané do movimento juvenil NOAM, em São Paulo, no marco da messibá de encerramento da machané no sábado, 27 de janeiro, foram acesas 136 velas em lembrança das 136 pessoas ainda sequestradas em Gaza.
Conheça nossos embaixadores hebraicos

Conheça nossos embaixadores hebraicos

Conheça nossos embaixadores hebraicos no Departamento de Promoção da Aliyah.